(79) 3019 -9566 / (79) 9 9127-6331
@CLINICASONHA
Sobre
Laserterapia





Você já ouviu falar do método de laserterapia em tratamentos de câncer? Ele é usado para combater complicações bucais causadas pelos efeitos colaterais dos tratamentos oncológicos, como a quimioterapia e a radioterapia.

A mucosite (inflamação da mucosa) pode ser apontada como efeito colateral e é um que merece maior atenção, mas existem ainda a xerostomia, ou boca seca; as infecções como a candidíase e a herpes; e as infecções odontológicas, como os abscessos dentários. A maioria desses efeitos colaterais pode ser remediada ou até mesmo evitada por meio de orientações e do acompanhamento de um dentista especializado em doenças da boca.

A laserterapia é um tratamento realizado com aplicações de laser de baixa potência que aumentam a microcirculação local e restabelecem a produção da energia celular, promovendo a cicatrização e a ação anti-inflamatória e analgésica no local da aplicação.

Qual a ação do laser ?
O Laser pode tratar as feridas, estimulando a regeneração da mucosa e promovendo a analgesia, ou pode prevenir as feridas, quando o laser é feito juntamente com a Quimioterapia ou Radioterapia de cabeça e pescoço. A prevenção ocorre uma vez que a ação anti-inflamatória do laser impede que as células da mucosa sejam destruídas, evitando portanto o rompimento da mucosa e a formação das úlceras.
A Laserterapia atua na Prevenção e Tratamento das lesões. O número de sessões e a frequência será determinado pelo Dentista capacitado em Laser que levará em conta o tipo de tratamento e a condição sistêmica do paciente. Mas é importante enfatizar que o tratamento exige várias sessões, até a remissão da dor e cicatrização possibilitando que o paciente volte a se alimentar. Já para a Prevenção são poucas as sessões por ciclo de quimioterapia, ou no caso da radioterapia de cabeça e pescoço as sessões são diárias acompanhando as sessões de radioterapia.

Sobre a clínica